sábado, 25 de maio, 2024
29.4 C
Natal
sábado, 25 de maio, 2024

Reordenamento do Orçamento do Estado é aprovado na Assembleia Legislativa

A recomposição do Orçamento Geral do Estado foi aprovado por unanimidade pelos deputados estaduais, em sessão extraordinária na tarde desta terça-feira (19). Antes, os parlamentares apreciaram o veto do Executivo ao OGE e, dos 13 dispositivos contidos nas emendas coletivas, quatro foram mantidos e nove derrubados.
Alguns deputados chegaram a criticar vetos do Governo
Por 15 votos a sete os deputados mantiveram os vetos da governadora Rosalba Ciarlini às emendas que destinavam recursos para o Tribunal de Justiça, Ministério Público, Tribunal de Contas e Assembleia Legislativa. E por 19 votos a três, foram rejeitados os vetos aos dispositivos que destinam recursos à Catedral Metropolitana de Natal, Convento Santo Antônio, Memorial dos Mártires, Igreja de São Miguel Arcanjo, em Extremoz; Hospital da Polícia Militar, Instituto Histórico e Geográfico do RN, Defensoria Pública e Vice-Governadoria.

Durante a sessão, o Governo chegou a ser criticado por alguns deputados. Para Fernando Mineiro, o governo criou uma situação constrangedora: “O governo veta por pirraça, para mostrar que quem manda é o Executivo”, afirmou.  A deputada Márcia Maia (PSB) disse que a atitude da governadora deixou os poderes sem condição de funcionamento, “Mas o governo viu o erro absurdo e resolveu conversar com a Casa para chegar a uma solução”. O líder governista, deputado Getúlio Rego disse que o veto não foi desapreço à Casa nem aos outros poderes .

Com informações da ALRN

Últimas Notícias
Notícias Relacionadas