terça-feira, 20 de fevereiro, 2024
26.1 C
Natal
terça-feira, 20 de fevereiro, 2024

Ensino de excelência leva SESI Escolas a disparar em aprovação no ENEM

- Publicidade -

Estudar em uma universidade e aprender uma nova profissão é o sonho de diversos alunos ao redor do Brasil. Na SESI Escola do Rio Grande do Norte, 64 estudantes poderão colocar em prática esse desejo ainda este ano com a aprovação em universidades federais, estaduais e privadas a partir da nota do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM). O bom desempenho é medido também com a pontuação na redação do Enem, já que 46 deles tiveram notas acima de 900 pontos. Os resultados expressivos são reflexo da excelência do ensino proporcionado pelo SESI, respaldado por uma infraestrutura de qualidade e tecnologia de ponta.


O superintendente do SESI-RN, Juliano Martins, comemora os números e destaca que a instituição educacional vem em constante crescimento. Neste ano, o principal registro foi do trabalho desenvolvido pela equipe de português que auxiliou os estudantes e garantirem notas altas na redação. “Ano a ano a gente tem subido o patamar de bons resultados. Eu destaco, neste ano, as várias notas acima de 900 pontos na redação. É um trabalho realizado pela equipe de Português, liderada pelo professor Laerty Ferreira, incentivando os alunos a melhorarem a qualidade das redações utilizando a ferramenta Letrus. E isso também contribui para elevar a qualidade do nosso ensino”, avaliou.


A Plataforma Letrus, aplicada no SESI para correção de gêneros textuais a partir de inteligência artificial, também foi uma grande aliada no aprendizado dos estudantes. Atualmente, a SESI Escola Rio Grande do Norte é considerada referência na área, tendo conquistado, através de suas unidades de São Gonçalo do Amarante (SGA), Macau e Mossoró, excelente desempenho no ranking da plataforma para prática de redação.
Um dos estudantes aprovados foi Renan Penha, de 18 anos. Com uma nota 960 na redação do Enem, ele conseguiu uma boa média e entrou para o curso de Direito na Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN). Renan, que cursou todo o Ensino Médio na SESI Escola São Gonçalo do Amarante, atribui aos professores e às atividades da escola o bom resultado no exame.


“O corpo docente foi muito atencioso e todos os professores nos ajudaram ao máximo na preparação para o Enem. Destaco o empenho do professor Laerty, de Linguagens e Redação, que me ajudou a melhorar na área que eu mais tinha dificuldade”, relata.


Outro estudante aprovado foi João Victor, 17, que irá estudar Física, no Instituto Federal do Rio Grande do Norte (IFRN) após ser classificado em 3º lugar para o curso. Ele começou a estudar na SESI Escola por meio de uma bolsa de estudos cedida pelo Instituto Riachuelo. De acordo com ele, a estrutura da escola e a atenção dos professores foram fundamentais para a aprovação.


“Durante minha preparação, os professores me ajudaram muito tirando dúvidas mesmo fora dos horários de aula. Acredito que isso tenha sido fundamental para a aprovação. Acredito que a estrutura do SESI também foi um dos pontos que me ajudaram a ser aprovado”, detalha.


O superintendente regional Juliano Martins comenta que a tendência é que os bons frutos sejam multiplicados no futuro. “No geral, é um resultado excelente sempre com perspectivas de crescimento e de melhoria. Esse ano foi muito melhor em relação ao ano passado. Estamos bem otimistas com o resultado dos alunos que estão, com o resultado do ENEM, escolhendo suas profissões. Mais uma vez, a educação do SESI está fazendo a diferença para a sociedade, melhorando a educação do nosso estado”, finaliza.

- Publicidade -
Últimas Notícias
- Publicidade -
Notícias Relacionadas