quinta-feira, 15 de fevereiro, 2024
25.1 C
Natal
quinta-feira, 15 de fevereiro, 2024

Policiais Civis decidem suspender paralisação das Diárias Operacionais

- Publicidade -

Os Policiais Civis do Rio Grande do Norte se reuniram em Assembleia Geral, na noite desta sexta-feira (9), e decidiram interromper o movimento da paralisação das Diárias Operacionais e retornar ao serviço extraordinário. A categoria recebeu uma proposta do Governo sobre alguns pontos da pauta e deliberou por normalizar o serviço de DOs no Carnaval, mas mantendo a mobilização e voltando se reunir na sexta-feira, dia 16 de fevereiro, para continuidade da luta.

Na manhã de hoje, a categoria havia realizado uma outra Assembleia Geral após doação de sangue coletiva realizada no Hemonorte. Pouco tempo depois, as diretorias das entidades de classe receberam uma ligação do Governo do Estado convocando uma reunião.

Nessa conversa, que aconteceu durante toda a tarde, os representantes do Executivo informaram e colocaram em documento assinado que, na próxima quinta-feira, 15, o Governo vai sentar para resolver a situação do Crédito Remuneratório Individual (CRI/antigo ADTS) dos policiais civis, que atualmente é alvo de uma demanda judicial.

“A resolução desse problema do CRI é uma das maiores urgências, pois ela pode implicar em redução de salário. Então, vínhamos pedindo ao Governo a solução desde o ano passado e, somente agora, depois dessa grande mobilização, o Executivo vai sentar para resolver”, comenta Nilton Arruda.

O presidente do SINPOL-RN explica que o Estado também se comprometeu a retomar, na próxima quinta-feira, as tratativas do auxílio-alimentação.

“O Governo informou que já enviou à Assembleia Legislativa o projeto do auxílio-fardamento e, na próxima semana, retomará a negociação do auxílio-alimentação. Então, esperamos concretizar também este ponto da pauta de reivindicações”, ressalta.

Outro ponto abordado foi a nomeação dos formados na segunda turma do Curso de Formação. Sobre isso, o Governo confirmou que as nomeações serão feitas no dia 21, mas o quantitativo ainda não foi definido.

“Hoje, consideramos que houve algum avanço nas tratativas e, por isso, a categoria decidiu normalizar as Diárias Operacionais. Ainda temos muito pelo que lutar, inclusive, pela nossa valorização, que é demanda urgente e fundamental. Por isso, seguiremos mobilizados nos próximos dias e, após o Carnaval, iremos fazer novas deliberações”, finaliza Nilton Arruda.

- Publicidade -
Últimas Notícias
- Publicidade -
Notícias Relacionadas