sexta-feira, 24 de maio, 2024
28.4 C
Natal
sexta-feira, 24 de maio, 2024

Recuperação de estradas deve começar em junho, afirma SIN

O primeiro lote do programa estadual de recuperação das rodovias do Rio Grande do Norte, cujo prazo de execução é até o final do ano, conforme divulgado pela governadora Fátima Bezerra (PT), deve ter as obras iniciadas até o próximo mês de junho, segundo a Secretaria de Infraestrutura (SIN). Ao todo, quase 800 quilômetros da malha estadual, em 33 trechos, serão recuperados. As vias que receberão as intervenções estão agrupadas em três lotes, com editais diferentes para cada um. Até o momento, no entanto, não há empresas vencedoras para nenhum deles.


A abertura de licitação do primeiro lote, que abrange nove trechos, ocorreu no dia 22 de março. Já para o lote 2, onde serão contemplados 10 trechos, a licitação foi aberta no dia 3 de abril. Para o terceiro lote, com 14 trechos, a abertura do processo licitatório ocorreu no último dia 9. Há cerca de duas semanas, ao ser questionado sobre a estimativa de conclusão das obras, Gustavo Coelho, titular da SIN, disse à TRIBUNA DO NORTE que preferia não falar sobre prazos relacionados ao programa. Nesta quinta-feira (18), ao ser procurada, a pasta informou que, apesar de a licitação ainda não ter vencedores, os serviços referentes ao primeiro lote serão iniciados neste semestre.

“Ainda não temos o resultado final [dos editais]. Foi concluída a primeira etapa, de lances iniciais das empresas, mas o processo não está finalizado, ou seja, não há vencedor. As datas de publicações foram curtas entre uma e outra e seguem praticamente no mesmo nível.”, informou a Secretaria. “Agora temos uma nova legislação de licitação, que segue novos ritos e não há como precisar as datas de conclusão dos editais. Ate junho deverão ser iniciadas as obras do primeiro lote”, informou a SIN.

O anúncio do edital de licitação para o primeiro lote foi feito no dia 26 de fevereiro pela governadora. Nele, estão incluídos 210 quilômetros dos distritos rodoviários de Mossoró e Pau dos Ferros. No lote dois estão contemplados 301 quilômetros, o qual inclui, dentre outros, 53 quilômetros do trecho Caicó/Acari da RN-288 e continuidade dela, do entroncamento da BR-427 até Jardim de Piranhas. Outro trecho é o da RN 118, que vai de Caicó a Ipueira.

No Lote 3, são 242,9 quilômetros e estão incluídos, entre outros, o trecho da RN-003 que vai do entroncamento da BR-101 (Goianinha) até Tibau do Sul ( 18 quilômetros). Outro trecho é o da RN 221, do entroncamento da BR-101 até São Miguel do Gostoso, totalizando 15,9 quilômetros. E 38 quilômetros da RN-203 no trecho São Tomé, entroncamento da RN-120. Os investimentos para o programa estão orçados em R$ 428 milhões, com recursos da primeira parcela do Programa de Equilíbrio Fiscal (PEF).

Últimas Notícias
Notícias Relacionadas