sexta-feira, 19 de abril, 2024
26.1 C
Natal
sexta-feira, 19 de abril, 2024

Festival Cenas Curtas chega ao Alberto Maranhão

- Publicidade -

Plateia e artistas poderão vivenciar juntos a formação de suas respectivas experiências com a dramaturgia, através da 2ª edição do Festival de Cenas Curtas, que será realizado nesta terça-feira (02), às 19h30, no Teatro Alberto Maranhão. O projeto criado pelo Mestres da Cena, um curso de formação de atores existente desde 2021, leva para o palco os trabalhos de seus artistas/estudantes, como forma de tornar a vivência teatral mais intensa e prática, além de apresentar ao público os novos talentos da cena local.

O festival apresentará cinco cenas no palco do TAM, adaptações curtas de textos clássicos ou contemporâneos, tudo produzido pelos estudantes do Mestres da Cena. “Eles são os responsáveis pelas escolhas dos textos, das adaptações, e até da produção dos figurinos. Porque essa é a ideia do festival: mostrar o talento de artistas em formação, para que eles possam vivenciar na prática todo o processo do que é ser ator ou atriz”, afirma Deiverson Capistrano, ator, diretor do curso, e idealizador do evento.

Entre as cenas que serão interpretadas no festival, estão “Tudo bem quando termina bem”, clássico de William Shakespeare; “Lição de botânica”, de Machado de Assis; e “Guerras, formigas e palhaços”, do ator e dramaturgo potiguar César Ferrario. Segundo Deiverson, os grupos ficam livres para escolherem os textos que desejam interpretar. “A gente até sugere alguns títulos, mas eles já têm na cabeça o que desejam fazer. Ter essa autonomia e jogo de cintura é muito importante para o artista”, diz ele, que assina a direção das cenas com Juciê Borges.

Para o diretor, é essencial para o artista ter a noção desde cedo que ele também pode se autoproduzir. “A gente sabe que não é um meio fácil, portanto, procuramos fomentar a atitude entre os nossos estudantes. É preciso também ter a percepção de que o valor do artista não está apenas em grandes produções, na fama, isso é decorrência”, diz.

A primeira edição do Festival de Cenas Curtas do Mestres da Cena ocorreu em 15 de agosto de 2023, também no TAM. Deiverson conta que é apaixonado por atuação desde que tinha nove anos de idade. Aos 14 decidiu fazer um curso técnico de atuação no Sesc, e desde então não parou mais. Ao longo de sua carreira participou de oficinas de atuação com todos os grandes grupos teatrais da cidade, como Clowns de Shakespeare e Atores à Deriva, além de companhias do Sudeste. Em 2014, escreveu, atuou e produziu a peça “E se fosse?”. “Eu sou da opinião de que não se deve apenas esperar as oportunidades, mas também criá-las”, diz.

Serviço:
II Festival de Cenas Curtas do Mestres da Cena. Terça (02), às 19h30, no Teatro Alberto Maranhão. Ingressos no OutGo ou bilheteria.

- Publicidade -
Últimas Notícias
- Publicidade -
Notícias Relacionadas