domingo, 23 de junho, 2024
24.1 C
Natal
domingo, 23 de junho, 2024

Grupo Boca de Cena revisita o cangaço com romantismo e humor em espetáculo

A vida do casal mais icônico da cultura popular brasileira inspira histórias e relacionamentos até hoje. O grupo natalense de teatro Boca de Cena revisita o cangaço com romantismo e humor no espetáculo “Bonita – O amor de Lampião”, que será apresentado no dia 12 (quarta), às 19h30, no Teatro Alberto Maranhão. Com muita música e um elenco composto apenas por atrizes com mais de 60 anos, a peça versa entre a emoção e a diversão para fazer do palco um espaço de exaltação ao povo nordestino.


O texto do dramaturgo areia-branquense Georgino Nobre, com adaptação e direção de Rubinho Rodrigues, resgata as muitas histórias que envolveram a vida e a morte de Lampião e Maria Bonita, entre pequenas verdades e algumas mentiras de montão, prosas sem pé nem cabeça, e outras cheias de exatidão.

O grupo Boca de Cena revisita o cangaço com romantismo e humor no espetáculo “Bonita – O amor de Lampião”, que será apresentado no dia 12 (quarta), às 19h30, no TAM – Foto: Wallacy Medeiros

Os causos são conduzidos por Gonzaga, um tocador de zabumba e contador de histórias, e sua comadre Joaninha, que se juntam novamente pra recordar essa trama que aconteceu há muito tempo e que eles só ouviram falar.
Em um misto de romance, comédia, música e emoção, a história desse casal, sendo real ou ficção, se espalha a galope por esse imenso mundão.

Sem defender ou acusar o polêmico casal, apenas contando para o povo o que eles só ouviram falar. A costura dos fatos pela ‘poeticidade’ da ficção culmina no fim que todo mundo já conhece, porém, mostra que a morte apesar de tudo não é o fim, e que o legado controverso de Lampião permanece até os dias de hoje.

O grupo de teatro Boca de Cena é um coletivo teatral independente criado na capital potiguar, com 23 anos de história, sendo atualmente composto por oito mulheres idosas que visam difundir os benefícios do fazer artístico durante o envelhecimento. “Bonita” é o 17º espetáculo encenado pela companhia teatral.

O Boca de Cena já realizou 19 espetáculos e um documentário virtual, com passagem por cidades do Rio Grande do Norte e estados vizinhos, se comprometendo com a criação de projetos que possam ser levados para teatros, escolas e instituições filantrópicas da capital e do interior do estado, sendo possivelmente o único grupo de teatro de mulheres ‘envelhecentes’ do estado a desenvolver esse tipo de atividade.

Poesia
Antes do espetáculo começar, o público vai ter um motivo para chegar mais cedo: haverá no teatro um momento de celebração poética promovido pela Sociedade dos Poetas Vivos e Afins do Rio Grande do Norte, a partir das 17h. Os artistas do verso vão comemorar seus 27 anos de existência com o lançamento do livro “Antologia do Amor” intitulada “Sem Amor Eu Nada Seria”, da qual a atriz Lúcia Eneida, que integra o Grupo de Teatro Boca de Cena e interpreta Maria Bonita, também é uma das autoras.

Serviço:
Espetáculo “Bonita – O amor de Lampião”, dia 12 (quarta), às 19h30, no Teatro Alberto Maranhão. Entrada: R$20 (no local ou Sympla).

Últimas Notícias
Notícias Relacionadas