terça-feira, 23 de abril, 2024
27.1 C
Natal
terça-feira, 23 de abril, 2024

Feriadão da Semana Santa ocupa até 70% da rede hoteleira do RN

- Publicidade -

A movimentação de visitantes durante o “feriadão” da Semana Santa” no Rio Grande do Norte, principalmente em Natal, está dentro da expectativa de 60% a 70% da ocupação hoteleira. É o que diz o trade turístico, embora os dados sejam fechados no início da semana. “Estamos fechando em quase 70%”, disse o presidente da Associação Brasileira de Agências de Viagens do Rio Grande do Norte (ABAV/RN), Antônio Neto, para quem a alta dos preços no transporte aéreo para a região Nordeste, por exemplo, acaba influenciando negativamente no movimento dos turistas, inclusive em Natal.

O presidente da ABAV/RN explicou que depois da quinta e sexta-feira (28 e 29), terminou havendo, no sábado, uma melhoria no fluxo de visitantes, refletido pelo chamado “turismo regional” ou “doméstico”, aquelas pessoas que vinham chegando por transporte terrestre, de ônibus ou em carro próprio: “Nós temos a rodovia BR-101, que mesmo tendo algumas obras, é uma estrada muito boa, e recebemos muita gente da Paraíba e Pernambuco”.

Já o presidente da Associação Brasileira da Industria de Hotéis do Rio Grande do Norte (ABIH-RN), Abdon Gosson, disse que na segunda ou terça-feira (1º e 2 de abril) faz-se o levantamento na rede hoteleira pra ver se a movimentação dos hóspedes superou a expectativa, mas a estimativa é de que fique em 60% ou pouco acima desse percentual.

ParaGosson, obviamente que o ideal seria uma ocupação de 100%, mas era difícil que isso ocorresse. “Mas se a ocupação for igual a do ano passado, não é que está de bom tamanho, dentro da realidade poderia ser melhor. Pipa, que todo ano é 100%, esse ano não vai ser”. Gosson informou que não tinha esses números fechados no sábado (30), “porque tem as vendas de última hora”, do chamado turismo regional.

Praia tida como “cartão postal” de Natal, Ponta Negra foi um dos locais escolhidos para visitação de um casal do Rio de Janeiro. O engenheiro carioca Igor Esteves, que estava acompanhado da namorada Natália, tirava fotos do Morro do Careca pelo telefone celular, mas disse que o motivo principal de sua visita “foi o casamento de amigos”, que escolherem a cidade para comemorar o enlace matrimonial. “Chegamos na quinta-feira de manhã e estamos voltando no domingo, viemos só passar o feriado”, contou.

Igor Esteves disse que conheceu Natal há alguns. “Agora a gente não está tendo tanto tempo de conhecer muito e nem visitar tanto por causa do casamento e acabamos também trabalhando na quinta-feira”. No entanto, Esteves disse que tirou o sábado para ir à Ponta Negra. “Aqui é diferente do Rio, a gente não tem essa duna e areia como aqui, nessa altura”, disse ele, apesar de que a manhã nublada atrapalhou um pouco. “Hoje está um pouco porque estivemos (na sexta) na Lagoa do Bonfim, choveu também, mas deu para aproveitar um pouquinho de sol”.

Movimento aéreo

Entidades ligadas ao setor turístico estimavam, ainda, que na Semana Santa a movimentação de passageiros no Aeroporto Internacional de São Gonçalo do Amarante teria um aumento de 30% em comparação ao fluxo aéreo do mesmo período do ano passado.

De quinta-feira (28) segunda-feira (1º de abril), o terminal aéreo receberá 246 voos entre embarques e desembarques. Os voos são oriundos, principalmente dos aeroportos de Guarulhos, em São Paulo, Recife, Brasília, Fortaleza e do Galeão, no Rio de Janeiro.


Outros 12 voos são internacionais, procedentes de Buenos Aires, na Argentina, e Lisboa, em Portugal. O aeroporto de Mossoró passou de quatro voos para 20 neste ano, na comparação com o mesmo período de 2023. Aumento de 410% no número de passageiros. Já no terminal rodoviário de Natal, os destinos mais procurados foram Caicó, Mossoró, Assu, São Miguel do Gostoso e Santa Cruz, além de Recife, Fortaleza e João Pessoa.

- Publicidade -
Últimas Notícias
- Publicidade -
Notícias Relacionadas