sábado, 22 de junho, 2024
24.1 C
Natal
sábado, 22 de junho, 2024

Marcas potiguares ganham o Brasil

Vinícius Menna
Repórter

Empresas do Rio Grande do Norte estão cruzando os limites do Estado e marcando território em outras regiões do Brasil com um modelo de expansão que tem ganhado força entre os potiguares: o franchising. Por meio desse formato, as empresas do RN tem assumido o papel de franqueadoras, ou seja, sendo detentoras de uma marca, elas idealizam, formatam e concedem a franquia de seus negócios a um empreendedor que se interessa em investir recursos para operar dentro de padrões já testados em solo potiguar.
Júlio Maia, da Farmafórmula: 72 lojas presentes em 12 estados
No Rio Grande do Norte, só em 2013, as franquias renderam a empresas potiguares cerca de R$ 163 milhões em faturamento, conforme dados da Associação Brasileira de Franchising (ABF). De acordo com a entidade, hoje existem pelo menos 15 empresas do RN que formataram seus modelos e estão expandindo para outros estados com franquias.

A estimativa da ABF é de que as franqueadoras potiguares já possuam 194 unidades (entre lojas próprias e franquias) pelo país, número que em 2012 era de 187. E seguindo esse modelo no RN, existem não só empresas que se consolidaram no mercado nacional, como negócios jovens.

Com mais de 30 anos atuando no mercado de manipulação, a Farmafórmula é um exemplo de negócio potiguar que já cruzou os limites do RN com franquias. Com 72 lojas presentes em 12 estados – nas regiões Norte, Nordeste, Sudeste e Centro-Oeste – a empresa trilha o caminho do franchising desde 1996.

“Nosso ramo requer muita tecnologia e trata com saúde, então a gente viu que dar autonomia ao franqueado era melhor do que ter o comando a distância. Isso nos deixaria mais tranquilos”, explicou o diretor-presidente da Farmafórmula, Júlio Maia. Com uma fábrica sendo montada em São Paulo, a também potiguar Massa Mia, que vende massas congeladas, já está de olho nos mercados do Sudeste e Centro-Oeste. “Em São Paulo, vamos abrir uma loja própria porque é um mercado muito específico e até para sentir como as coisas funcionam na região. Queremos fazer lá uma loja conceito”, explica Caio Lima, proprietário da Massa Mia.

Em Natal, a empresa possui três lojas, duas delas franquias. Até dezembro, deverão ser abertas mais três, sendo uma em Pernambuco e duas em Minas Gerais. “Até o fim do mês devemos fechar contrato para mais duas, em Maceió e Brasília. E estamos em negociação para outras duas, em Fortaleza e João Pessoa, para abrir no primeiro semestre de 2015”, diz Caio Lima.

E as franquias são modelo inclusive entre as jovens. Exemplo disso é a Wayne’s Burger Star, que com cerca de um ano de vida, deu início nos trâmites documentais para abrir franquias no Ceará, na Paraíba e em Pernambuco. “Já abrimos a empresa pensando em expandir por meio de franquias”, explica Frederico Lima, um dos donos da empresa.

Últimas Notícias
Notícias Relacionadas